Logotipo do Museu Nacional de Arqueologia
sobre o MNA agenda faq's   informações
  english | français
colecções
colecções
   home  
   o museu
 história
 exposições
 colecções
 visita virtual
   serviços/actividades
 biblioteca
 amigos do MNA
 serviço educativo
 investigadores
 laboratório
 destaques       
 notícias     
 imprensa     
 peça do mês     
 sítio do mês     
 outros sítios     
subscrever mailing list do MNApesquisa geral: mapa do sítio       
  
Cabeça-retrato / Imperador Augusto
proveniência: Mértola. Beja
cronologia: Época Romana. Anos (s) 41 - 54 d.C.
tipologia: Cabeça-retrato do Imperador Augusto em mármore
dimensão: altura 51 cm largura 27,9 cm espessura 30 cm
categoria: Escultura
nº de inventário: 994.9.2

 

Cabeça-retrato / Imperador Augusto

 
  
Cabeça-retrato do imperador Octávio Augusto, fundador de Mérida, a capital da Lusitânia, e a figura tutelar da Província. Apresenta uma acurada modelação da superfície, mostrando-nos uma personagem mais jovem com o cabelo curto e desbastado sobre um crânio volumoso, com madeixas que são apartadas e bifurcadas no alto da testa caindo sobre a fronte em forma de garras. As outras partes do penteado são elaboradas sumariamente com intervalos entre as madeixas. O nariz e a boca apresentam-se fragmentados, as orelhas são bem visíveis, o pescoço largo, e os olhos sem pupila nem íris. Integra a tradição iniciada com o modelo da escultura couraçada de Augusto de Prima Porta, fundamentalmente no que se refere ao modo como é apresentado o tratamento das madeixas de cabelo sobre a fronte com os inconfundíveis caracóis em forma de garra. A base do pescoço é arredondada, este pormenor indica que a cabeça, esculpida separadamente, destinava-se a uma escultura monumental, fosse de corpo inteiro ou inserida em estátua-pedestal, que servia de suporte a cabeças amovíveis de altos personagens, e deste modo facilmente substituídas quando necessário. Esteve durante longo tempo colocada sobre uma estátua togada, a que não pertencia. Provém de Myrtilis onde originalmente se ergueria, por certo no Fórum da cidade.
A peça apresenta diferenças de proporções ou de módulo entre a face esguia e o cabelo volumoso, bem como o pescoço largo, que levam a supor que o imperador originalmente retratado tivesse sido Calígula, cuja "damnatio memoriae" (condenação ao esquecimento) teria provocado a oportuna reelaboração da peça segundo os cânones iconográficos característicos do seu antecessor. (Segundo ficha de Catálogo de Escultura Romana do MNA, da autoria de José Luís de Matos).

 
pesquisa


investigadores@mnarqueologia.dgpc.pt
  peças rotativas  
 
Ao carregar sobre as imagens tem acesso à descrição da peça e imagem rotativa da mesma.

Vaso com decoração cardial Cabeça-retrato de uma jovem mulher - Júlia (imperatriz) Crátera Torques Guerreiro calaico-lusitano

 
 
Logotipo do MatrizNet - Colecções dos Museus do Instituto Português de Museus  


MATRIZPIX

 
este sítio foi preparado para ser acessível aos utilizadores com necessidades especiais
DSímbolo de Acessibilidade na Web      
pesquisa geral: mapa do sítio       
Logotipo da direção Geral do Património Cultural
  última actualização: 24/05/2017
próxima actualização: 16/06/2017
 


geral@mnarqueologia.dgpc.pt |